Orelhas

A orelha em abano é uma alteração comum, além da aparência da orelha mais aberta ocorre o apagamento de algumas dobras naturais da cartilagem. Esta alteração é causa freqüente de problemas de ordem psicológicos relacionados a queda de auto estima, principalmente em crianças, quando apelidos ofensivos são comuns.

A idade ideal para a correção é a partir dos 6 anos, quando a orelha já alcançou o desenvolvimento e a criança começa o período escolar. A cicatriz resultante é escondida no sulco atrás da orelha ficando inaparente.

Claudio Matsumoto - Orelhas (otoplastia)



Vídeo sobre otoplastia


PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

A cirurgia da orelha em abano deixa cicatrizes?
A cicatriz desta cirurgia é praticamente invisível, por localizar-se atrás da orelha, no sulco formado por esta e o crânio. Além do mais, como se trata de região de pele muito fina, a própria cicatriz tende a ficar "quase imperceptível", mesmo em algumas técnicas que utilizam pequenas incisões na face anterior.

Qual o tipo de anestesia?
Crianças: anestesia geral. Adultos: anestesia local com ou sem sedação (a critério).

Qual o período de internação?
O paciente pode ter alta no mesmo dia da cirurgia (internação dia) ou no dia seguinte.

Quanto tempo demora o ato cirúrgico?
Geralmente em torno de 90 a 120 minutos. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de Centro Cirúrgico, pois, esta permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. Seu médico poderá lhe informar quanto ao tempo total.

Há perigo nesta operação?
Os riscos são aqueles inerentes a qualquer cirurgia. Quando se realiza uma avaliação pré-operatória completa os riscos são minimizados.

Há dor no pós-operatório?
Certo incômodo poderá ocorrer no pós-operatório. Quando houver esta intercorrência, poderemos combatê-la com analgésicos comuns.

Como é o curativo?
Nos primeiros dias o curativo é realizado com atadura protegendo o local da cirurgia. Depois recomenda-se o uso das faixas tipo "balé" ou "tênis".

Quais os cuidados pós operatórios?
Deve-se evitar qualquer tipo de trauma às orelhas, inclusive dormir sobre ela por 4 semanas. Deve-se usar uma bandagem elástica que protege e mantém a orelha imobilizada junta à cabeça por 1 mês.

Quando são retirados os pontos? Há dor?
Em torno do 8º dia. Não existe dor na retirada.

Em quanto tempo se atingirá o resultado definitivo?
Assim que se retira o curativo já teremos em torno de 80% do resultado almejado. Após 12 semanas, o resultado será definitivo.

Não há o risco de "voltar o problema do abano" após a cirurgia?
Desde que devidamente conduzida a cirurgia, o resultado será definitivo. Convém salientar que uma leve assimetria poderá ocorrer, pois, mesmo as pessoas não operadas e que tenham orelhas normais, não apresentam simetria absoluta.

Mapa de Localização



Clínica Claudio Matsumoto
Cirurgia Plástica

Edf. Empresarial Thomé de Souza, Salas 1018/1019
Av. Antonio Carlos Magalhães 3244, Caminho das Árvores, Salvador, BA
Telefones 71 3015-8002 e 99122-4043

Saiba mais